Quinta-Feira, 19 de Julho de 2018

Municipal
Terça-Feira, 15 de Maio de 2018, 16h:15

VERBAS DA COMUNICAÇÃO

Vereador Abilio Júnior reafirma autenticidade de planilha com nome do irmão de Emanuel Pinheiro

Saiba qual a relação de Popó com a TV Mais, que teve aporte de 144% na verba publicitária da prefeitura de Cuiabá depois que ele se aliou à emissora

Cícero Henrique

Divulgação/Facebook

Vereador Abilio Brunini Júnior (PSC)

 O vereador Abilio Júnior reafirmou hoje (15), no Plenário da Câmara Municipal, que a planilha com o nome do irmão do prefeito Emanuel Pinheiro, o Popó, é original, bem como todos os documentos que constam na denúncia apresentada ao Ministério Público. Houve no Plenário uma tentativa de desqualificar a denúncia com a alegação de que a planilha teria sido adulterada.

O Caldeirão Político (CP) teve acesso às planilhas que constam da denúncia assinada pelos vereadores Abílio Júnior (PSC), Felipe Welaton (PV), Dilemário Alencar (PROS), Diego Guimarães (PP), Gilberto Figueiredo (PSB), Toninho de Souza (PSD) e Marcelo Bussiki (PSB). 

Segundo a denúncia, no período de agosto a setembro de 2017, quando repercutiam nas redes sociais os vídeos de deputados - e do prefeito de Cuiabá - recebendo dinheiro de suposta propina no Palácio Paiaguás, delatados pelo ex-governador Silval Barbosa, a prefeitura gastou R$ 3 milhões com publicidade. No período coincidente com a instalação de CPI do Paletó na Câmara, os repasses para publicidade totalizaram R$ 2,8 milhões. Para a TV Mais (cuja razão social é Fundação Estrela de Davi), por exemplo, até julho do ano passado, foram pagos R$ 199 mil. Já no segundo semestre, os pagamentos cresceram 144% e atingiram R$ 488 mil.

Popó e TV Mais

O site TV Mais publicou uma entrevista com Popó no dia 22/07/17, atualizada no dia 29/07/2017, para divulgar sua parceria com a TV Mais. "Marco Polo de Freitas Pinheiro, o Popó, tem encarado o desafio de produzir uma série de programas para a nova grade regional da TV Mais, afiliada da TV Cultura, canal 17.1."

Site TV Mais

Popó

 

Popó relata na entrevista que convidou Karol Garcia para montar a equipe da versão televisiva do GW 100. "Além do GW, também idealizei o Provocações, que tem o jornalista Alexandre Aprá como editor e apresentador", acrescentou Popó.

No final de 2017 Karol Garcia foi nomeada secretária da Sicom, onde ficou apenas três meses. 

  

Planilha TV Mais

 

Relatório Ganzá

 



Outro lado
O prefeito Emanuel Pinheiro não respondeu nosso pedido para comentar a denúncia e secretário de Inovação e Comunicação, Marcus Brito, até o momento não atendeu o pedido de entrevista encaminhado pelo CP.

Em nota (confira abaixo) a Prefeitura de Cuiabá nega irregularidades, mas não menciona a planilha em que consta o nome do irmão do prefeito Emanuel Pinheiro, o Popó, seguido da cifra R$ 50.84,28.

Nota de esclarecimento

A Prefeitura de Cuiabá, por meio da Secretaria Municipal de Inovação e Comunicação, esclarece que:
a) Todo recurso direcionado para o pagamento de campanhas publicitárias estão dentro do orçamento previsto na Lei Orçamentária Anual (LOA), aprovada pela Câmara Municipal dos Vereadores para o ano de 2017. 

b) Não existe favorecimento de quaisquer veículos de comunicação, uma vez que existem normas contratuais vigentes respeitadas pela Prefeitura de Cuiabá e pelas três agências de publicidade vencedoras do certame licitatório ocorrido em 2014 e que ainda se encontra em vigência. 

c) Sobre o veículo citado, informamos que ele divulga mídias institucionais da Prefeitura, assim como os demais veículos da Capital e recebe o valor correspondente às campanhas.

d) Por fim, esclarecemos que a pasta da Secretaria de Inovação e Comunicação é gerida pelo Dr. Marcus Brito, pessoa de extrema confiança do prefeito Emanuel Pinheiro e que está fazendo um excelente trabalho com transparência e honestidade.

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO