Quinta-Feira, 18 de Outubro de 2018

Mato Grosso
Quinta-Feira, 11 de Outubro de 2018, 09h:01

ALMT

Janaína: Pedro Taques tratou mal a imprensa e subestimou adversários

Deputada comenta eleições e sinaliza composição com Eduardo Botelho para nova mesa diretora

Jô Navarro

A deputada estadual reeleita Janaína Riva (MDB), campeã de votos nas eleições 2018, disse que teve apoio do pai, José Riva, "como um pai apoia um filho". A parlamentar comentou a eleição, a derrota de Pedro Taques e a disputa da mesa diretora em entrevista à Rádio Capital na manhã desta quinta-feira (11).

Janaína disse que não faz mais sentido instalar a CPI da Grampolândia, já que o governador não foi reeleito e o caso está sendo apurado na Justiça.

Perguntada se disputará a presidência da Mesa Diretora, Janaína comentou a história do pai que alternou durante 20 anos a presidência e primeira secretaria: "Isso é ruim". Defendeu a cobrança judicial do Estado para cobrar o pagamento do duodécimo atrasado. "Várias vezes cobrei isso", disse ela.

"A Assembleia enfraqueceu muito nos últimos anos. Se você quer ser presidente de um poder, você precisa de independência. Não pode acontecer de receber uma ligação do governador e encerrar a sessão, não dar a palavra para determinado deputado. Isso aconteceu várias vezes", criticou.

 “É natural que como a deputada mais votada do Estado pense sim na Mesa Diretora em ser presidente ou ser primeira-secretária. Seria uma experiência nova. Agora com mais experiência, com partido com a maior bancada da Assembleia Legislativa, unindo com outros deputados que já caminharam comigo na legislatura passada, acho que me credencia sim a uma disputa na Assembleia, mas com muita cautela sem fazer tudo para ter a Mesa Diretora”, declarou. 

Janaína Riva afirmou que herdou do pai a capacidade de compor com adversários, sinalizando uma possível composição com Eduardo Botelho, atual presidente da ALMT,  réu na operação Dèja vue.

A deputada comentou a derrota de Pedro Taques nas urnas. "Ele subestimou os adversários dele, inclusive eu". Ela comentou a 'arrogância' do governador e disse ter recebido denúncia de que o governador teria ido de jatinho para o Chile 'apenas para tomar um vinho' com despesas pagas pelo governo. "Isso eu vou investigar para ver se procede", disse Janaína.

Janaína também comentou a forma como o governador Pedro Taques trata a imprensa. "Parece ter medo de ser questionado". 

 

 

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO